Os LIKES voltaram – Instagram volta atrás na decisão

Os likes voltaram – parece que Mark Zuckerberg mudou de ideia

É, parece que o Instagram voltou atrás, os likes estão voltando, no Brasil. Notícia exclusiva do site homem.online, porém a informação ainda não foi confirmada pela rede social.

Descobrimos meio que sem querer. Agora são 02:11 da manhã de quarta feita, 24 de julho. Meu sócio me enviou uma mensagem no Whats – “Cara, se liga só, os likes voltaram.”

Nós temos diversos perfis no Insta, trabalhamos com divulgações de empresas e produtos, e ontem tivemos uma ideia, para um novo perfil comercial. Como esse meu sócio é “meio coruja”, ele não perdeu tempo, e já começou a trabalhar, nessa madrugada.

Foi ai, que tivemos a surpresa! Veja no print abaixo.

Imagem reprodução: print de tela, App do Instagram

Resolvi buscar informações no Google, para ver se havia saído alguma notícia sobre novas atualizações no Instagram e etc. A única fonte que encontrei, foi do site: www.confirmanoticia.com.br, e por sinal muito interessante.

Na manchete diz o seguinte – “Contagem de “likes” do Instagram volta a aparecer em contas no Canadá”.

Isso diz muita coisa, pois esse foi o primeiro país a receber a atualização, foi lá que eles começaram os testes de remoção de likes e visualizações em vídeos. Tudo indica que Mark Zuckerberg e seus sócios, se arrependeram da decisão.

É apenas uma especulação nossa, nossos perfis antigos continuam com os likes ocultos, porém essa conta nova está exibindo normalmente, do mesmo jeito que era antes. Essas mudanças, geralmente demoram a se propagar no sistema, é bem provável que tudo volte ao que era, e os corações voltaram a piscar nas suas notificações, rs.

Uma breve reflexão: não existe escapatória, vivemos em um mundo baseado em números, é isso que as pessoa querem hoje em dia, são “novos tempos”. A justificativa para o fim dos likes, era a de que as pessoas estavam ficando “doentes”, valorizando apenas likes em fotos e vídeos. Sinceramente, se algo te deixa doente, você precisa se tratar. Não iremos mudar uma geração removendo um simples botão de like, a futilidade das pessoas está muito além disso. É bem mais complexo do que parece.

Ajude nosso trabalho, compartilhe essa matéria, nos botões abaixo.

 

COMPARTILHE!